Home |  Contactos |  Consultório |  Carreira |  Meteorologia |  Mapa Site
Português  English 
Calendários de Tratamento e Fertilização
Conheça os inimigos das suas Culturas
Pesquisar:
Notícias
Algas TOMEX
Ensaio na Lourinhã em Abóbora
Conheça os resultados positivos deste ensaio da Agroquisa em conjunto com a MCA Algas y Derivados e com a Louricoop.
Ensaio na Lourinhã em Abóbora
Campanha ANIPLA
Campanha ANIPLA
Campanha ANIPLA
Informações
Centro de Informação Antivenenos
Aberto 24H por dia. Fornece gratuitamente todas as informações necessárias ao tratamento de envenenados com Agroquimicos.
Centro de Informação Antivenenos
Mundo Animal » PRAGAS » Pragas Urbanas » Higiene e Saneamento
Medidas de Higiéne e Saneamento

Tanto em termos domésticos como industriais, devem adoptar-se hábitos e métodos, referentes particularmente à limpeza, à organização e à arrumação, que contribuem para impedir infestações. Na realidade, se estas medidas não forem adoptadas, a utilização de outros métodos de controlo de pragas, nomeadamente o emprego de compostos químicos, poderá revelar-se perfeitamente inútil – quando terminar a sua aplicação a praga voltará a instalar-se já que o que a atraiu (disponibilidade de alimento, água ou refúgio) se mantém.

Além das medidas ditadas pelo bom senso relativamente à limpeza, à organização e à arrumação numa habitação, numa escola, num armazém ou indústria de produtos alimentares, num restaurante, num supermercado, num hospital, etc., e de medidas específicas que se podem adoptar para prevenir determinadas pragas, devem ser relembrados outros princípios básicos que contribuem de uma forma importante para prevenir o estabelecimento deste tipo de problemas.

Relativamente às habitações são de salientar as seguintes medidas:

- Adquirir os alimentos em quantidades passíveis de ser utilizadas num período de tempo relativamente curto.

- Quando se adquirirem alimentos ensacados assegurar que os sacos não estão rotos ou abertos. Verificar também o prazo de validade para assegurar frescura do alimento. Os sacos plásticos transparentes devem ser inspeccionados a fim de verificar a ausência de insectos, já que por vezes os alimentos são adquiridos já infestados.

- Armazenar os produtos secos em recipientes estanques, que não possam ser atacados por insectos ou roedores, tais como frascos com rolha de enroscar ou embalagens metálicas. Muitas vezes as embalagens domésticas comuns ou as de cartão e de plástico não previnem este problema.

- Utilizar primeiro os produtos que primeiro foram adquiridos.

- Manter as áreas onde se guardam alimentos limpas, não permitindo a acumulação de partículas ou migalhas que possam atrair qualquer praga.

- Armazenar cuidadosamente os alimentos secos destinados aos animais de companhia. Não deixar restos nos recipientes de alimentação durante muito tempo.

- Prevenir situações de humidade excessiva.

- Manter os recipientes destinados ao lixo bem tapados e esvaziá-los frequentemente. Mesmo que os recipientes do lixo não estejam cheios, devem ser esvaziados regularmente.

Relativamente a qualquer edifício que não habitação, podem também salientar-se as seguintes regras gerais:

- Dedicar especial atenção à limpeza e condições de temperatura e humidade de vestiários, refeitórios e locais de lavagens.

- Guardar os alimentos existentes em caixas à prova de roedores e outras pragas.

- Restringir o consumo de alimentos aos locais a isso destinados.

- Remover prontamente os restos de alimentos ou outros materiais que possam atrair pragas.

- Os armários, expositores e outras peças de mobiliário devem estar a uma distância do chão que permita uma limpeza adequada.

- Inspeccionar com frequência os equipamentos e materiais não utilizados regularmente, dado que os roedores preferem viver em áreas com pouco movimento.

- Prestar uma atenção especial aos lixos. Os contentores devem ser limpos depois de esvaziados. Não permitir a acumulação de lixo.


Em locais de armazenamento de mercadorias, especialmente de artigos alimentares, devem ainda cumprir-se os seguintes princípios:

- Manter todas as áreas acessíveis à limpeza e inspecção, que devem ser efectuadas frequente e regularmente.

- Os danos nos contentores de mercadorias devem ser minimizados e rapidamente solucionados.

- As mercadorias devem ser armazenadas afastadas das paredes, janelas e ventiladores.

- As mercadorias não devem ser armazenadas directamente assentes no chão, mas sim em estantes ou palletes, tendo sempre o cuidado de deixar um espaço suficiente para a limpeza.

- Deixar entre os vários expositores ou pilhas de mercadoria um espaço suficiente para que aquelas possam ser facilmente inspeccionadas.

- Manter as áreas de armazenamento em boas condições e efectivamente controladas no que respeita à eventual entrada de pragas (calafetagem das portas, inexistência de frestas e buracos, etc.).

- As mercadorias infestadas ou susceptíveis de infestação devem ser separadas das outras.

- Nos casos em que existam matérias primas, embalagens e produtos acabados estes devem ser armazenados separadamente.

- Assegurar uma boa ventilação e iluminação.

- Limpar e inspeccionar as áreas de armazenamento antes da chegada de novas cargas de produtos para armazenar.

Top
Newsletter
Subscreva a nossa Newsletter
CAMPANHA FORRAGEIRAS
Sementes Forrageiras e Misturas AGROQUISA
A AGROQUISA põe à sua disposição uma gama de espécies forrageiras melhoradas e seleccionadas
Sementes Forrageiras e Misturas AGROQUISA
Agroquisa © Todos os Direitos Reservados. Site Desenvolvido: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais.